Home / Destaques / Restaurante que ditou regras na gastronomia manauara, Village fecha as portas após 25 anos de história

Restaurante que ditou regras na gastronomia manauara, Village fecha as portas após 25 anos de história

O restaurante funcionou por 25 anos na rua Recife, Adrianópolis (Foto: Divulgação)

Ícone da elegância e requinte entre os restaurantes mais renomados de Manaus e de toda uma geração, o Village fechou as portas neste domingo, 20 de junho, após 25 anos de muita história e de influenciar, inclusive, os acontecimentos da cidade.

Era lá, no Alto Adrianópolis, que políticos, empresários, colunistas sociais, enfim a high society manauara se reunia em torno de uma boa mesa de comida ou de um happy hour para conversar, planejar, discutir ideias e propostas ou simplesmente relaxar e colocar o papo em dia entre os amigos.

Não faz muito tempo, o badalado restaurante aumentou o nome para Village Casa de Comidas e, sob a gestão da proprietária, a empresária Helena Fagundes, este espaço reinou, absoluto, por muitos anos quando o assunto era boa comida e gastronomia.

Mas, mesmo a história e o savoir faire do local não resistiu às idas e vindas que as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 causaram.

E, a triste notícia foi dada pela própria Helena Fagundes em um post em sua rede social no Instagram neste domingo, 20.

“Hoje, 20 de junho, é um dia que mudará totalmente o rumo da minha vida. Hoje foi o último dia de funcionamento do Restaurante Village (…) No dia 12 de outubro de 1996 eu conseguia realizar aquilo que era meu sonho de anos”, diz Helena ao começar o post.

Como uma espécie de carta, bem emotiva, a empresária relembra a trajetória do restaurante, todos os esforços realizados, cardápio ousado para a época e funcionários que se tornaram amigos e lamenta o fim.

“Hoje, 25 anos depois, aqui estou eu, me entregando à mais completa e dura realidade: O VILLAGE NÃO CONSEGUIU SOBREVIVER À TODAS AS CRISES E PANDEMIAS QUE TIVEMOS”, afirma.

 Veja o post na íntegra:

 

Sobre o portal gastromundo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*