Home / Cultura / Zezinho Corrêa morre vítima da Covid; vai o seu corpo, mas fica a sua influência e legado na cultura popular

Zezinho Corrêa morre vítima da Covid; vai o seu corpo, mas fica a sua influência e legado na cultura popular

Zezinho Corrêa tinha 69 anos de idade e morreu precocemente, vítima da Covid (Foto: Divulgação)

Após um mês lutando pela vida, internado em um hospital particular de Manaus acometido pela Covid-19, o cantor amazonense Zezinho Corrêa não resistiu ao efeito danoso do vírus em seu organismo e morreu na madrugada deste sábado, 6. O artista, que é um dos mais emblemáticos da cultura amazonense, tinha 69 anos de idade e deixará um grande vazio na arte regional.

Um dos ícones da música popular do Amazonas, foi pela voz, ritmo e batuque de Zezinho Corrêa, à frente da banda Carrapicho, que o Brasil e o mundo conheceu a música do Amazonas, a toada do boi-bumbá e o ritmo contagiante da cultura regional.

A música “Tic-Tac” venceu fronteiras e barreiras e foi uma das mais tocadas no final da década de 80 e meados de 90 na Europa, na América e vários cantos do mundo. Quem não se encantava com o ritmo e arriscava os passinhos clássicos do boi-bumbá? Pois Zezinho conseguiu envolver até os mais reservados.

Ainda no ápice de sua carreira musical, Zezinho foi infectado pelo coronavírus no final de 2020 e, entrou 2021 doente e já internado com a terrível doença.

Os boletins médicos diários traziam ora notícias de esperança ora notícias de apreensão e, após grande expectativa e esperança de que sairia bem da doença e se recuperaria, Zezinho não mais aguentou e foi calado pela Covid nas primeiras horas deste sábado.

Mesmo com sua voz calada para sempre, seu legado, sua história, sua influência, seu carisma terão lugar importante na história musical e social do Amazonas.

O site Gastromundo externa seu mais profundo pesar por esta grande perda e lamenta profundamente essa partida repentina.

Vá em paz!

 

 

Texto e edição: Valéria Costa

Sobre o portal gastromundo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*