Home / Destaques / Santuário Nacional de Aparecida: uma experiência de fé e devoção

Santuário Nacional de Aparecida: uma experiência de fé e devoção

Santuário Nacional de Aparecida, fica na cidade homônima, a cerca de 200 km da capital paulista (Acervo pessoal)

Quando se fala em festejos de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, cuja data é comemorada há mais de três séculos no país, se pensa rapidamente em um lugar divino e criado apropriadamente para isso: o Santuário Nacional de Aparecida, que fica na cidade de mesmo nome, a cerca de 200 quilômetros da capital paulista.

Este ano, pela primeira vez, a celebração que costuma reunir milhares e milhares de devotos e fiéis do país inteiro e de várias partes do mundo, teve seu público reduzido e precisou ser adaptada devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Eu estava lá e era um dos inúmeros fiéis que foi ao Santuário Nacional de Aparecida neste ano para agradecer, pedir e reforçar minha fé na Virgem Santíssima.

Este ano, por conta da pandemia, o acesso ao Santuário teve que seguir diversas restrições (Acervo pessoal)

Para seguir as medidas de segurança e protocolos sanitários como prevenção da Covid-19, a principal missa que atraí os devotos à igreja, teve sua transmissão adaptada para a forma virtual, com apresentações e celebração no decorrer do dia por meio da página da Padroeira na internet.

Porém, os fiéis não estavam proibidos de irem à Basílica. Pelo contrário, a ida estava liberada, mas quem pôde ir, precisou seguir todos os procedimentos de prevenção exigidos pelo santuário: uso obrigatório de máscara, distanciamento social, medição de temperatura e a higienização das mãos com álcool em gel.

Nicho Imagem de Nossa Senhora Aparecida (Acervo pessoal)

Os devotos tiveram acesso ao nicho com a imagem de Aparecida, visita à Basílica com o altar liberado, entre outros espaços, como o encantadora Sala das Promessas. Mesmo sem as programações da Festa da Padroeira, a igreja recebeu o público que buscava agradecer, fazer pedidos e até mesmo pagar promessas.

Na parte externa da Basílica, havia uma celebração de bênçãos aos fiéis que chegavam.

Romeiros

Os romeiros cumpriam suas devoções no percurso que se destinava à Basílica de Aparecida, à pé, de bicicleta, carregando cruz, em grupo e até sozinhos. Voluntários que ficam no caminho, contribuem com água, alimentos, assentos e sombra. Uma fé que emociona até mesmo os que acompanham.

Translado

E, com o propósito de reforçar minha devoção e fé à Santa, saí nesta segunda-feira, 12, do Centro de São Paulo com destino à cidade de Aparecida. O trajeto, feito em uma condução fretada com capacidade para 7 pessoas, no valor de R$ 71, durou em torno de 2h15. Como era feriado, o percurso entre a capital e a cidade foi tranquilo e não houve trânsito.

Quem vai de carro pode estacionar o veículo na basílica, pelo valor de R$ 20.

Basílica

A visita ao Santuário, além de ser uma forma de reforçar sua fé e agradecer às bênçãos e graças conseguidas, acaba sendo um verdadeiro turismo religioso.

A Basílica Nacional de Aparecida, por exemplo, conta com diversos pontos turísticos, como a Passarela da Fé, Museu, Memorial e Monumentos.

O espaço conta ainda com praças de alimentação, lojas oficiais com produtos de Aparecida e pequeno parque de diversão.

Dicas

Para quem deseja ir à Basílica de Aparecida é bom se preparar com antecedência e, ter em mente que, neste ano, por ser um período atípico, muito se falou sobre a quantidade de devotos que foram, tranquilidade no trânsito e acesso a igreja. Mas, em anos anteriores, o local costuma ficar extremamente lotado.

Por isso, é válido se organizar para sair cedo do seu destino de forma a não enfrentar engarrafamentos, e assim, aproveitar o dia para conhecer o vasto mundo do maior templo católico do Brasil.

Confira sempre os horários das missas, dessa forma você fica ciente do horário que estará livre pra conhecer os demais ambientes da Basílica.

Vale muito a pena conhecer. É uma experiência para a vida!

 

 

Ericles Albuquerque, especial para o Gastromundo

Sobre o portal gastromundo

2 Comentários

  1. Um dia irei visitar. Obrigada pelas dicas!

  2. Já fui e com as graças de nossa senhora Aparecida irei novamente. Realmente é um lugar de luz, paz e felicidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*