Últimas
Home / Cultura / Espetáculo ‘Master Class’ estreia minitemporada no Teatro Amazonas

Espetáculo ‘Master Class’ estreia minitemporada no Teatro Amazonas

Atriz Christiane Torloni (à esq) dá vida à cantoria lírica Maria Callas, na versão brasileira do espetáculo (Crédito: Divulgação)

Um dos espetáculos mais elogiados e premiados da Broadway (EUA), Master Class, que conta a história da lendária diva da ópera mundial, Maria Callas, chega a Manaus para três apresentações neste fim de semana.

Na pele de Callas está a atriz brasileira Christiane Torloni, que dá vida à personagem em suas aulas magnas, daí o nome do espetáculo teatral: Master Class.

A minitemporada em Manaus terá apresentações nesta quinta-feira (1º) e sexta-feira (2), às 20h e, no domingo (4), às 19h, no Teatro Amazonas e, faz parte de uma grande turnê por 13 cidades brasileiras, depois de temporadas de sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Escrita pelo autor norte-americano Terrence McNally, Master Class tem enredo baseado nas lendárias aulas magnas ministradas pela cantora lírica, Maria Callas, na célebre escola de música Juilliard School, em Nova York.

Nesses encontros, ela repreende os alunos e os estimula a perseguir seus sonhos, ao mesmo tempo em que confronta os dissabores de sua própria vida e de seu relacionamento com o bilionário grego Aristóteles Onassis.

De forma genial e habilidosa, o texto de McNally faz o público rir e se emocionar. Desde a sua estreia, há mais de 20 anos, Master Class vem angariado legiões de fãs, envolvendo plateias de todo o mundo.

Em sua produção brasileira, a comédia dramática tem direção de direção de José Possi Neto e traz Christiane Torloni no papel principal, à frente de um elenco formado por grandes atores/cantores do cenário brasileiro: as sopranos/atrizes Julianne Daud e Paula Capovilla; o tenor/ator Frederico Silveira; o ator e pianista Thiago Rodrigues; além dos cantores e atores Jessé Scarpellini e Raquel Paulin. A direção musical da montagem é do maestro Fábio G. Oliveira.

Mais de duas décadas

Sucesso lá fora e aqui, Master Class estreou na Broadway em 1995 e logo se tornou um sucesso, com 598 apresentações apenas numa temporada. A produção conquistou três prêmios Tony, o Oscar do teatro americano: Atriz para Zoe Caldwell, Atriz Coadjuvante para Audra McDonald, além do cobiçado troféu de Melhor Espetáculo.

Após a sua estrondosa temporada de estreia, o espetáculo percorreu o mundo, com apresentações em quase uma centena de países, além dos principais circuitos teatrais do mundo, como o West End, em Londres, e em Paris, onde o papel de Maria Callas foi interpretado pela grande atriz francesa Fanny Ardant, sob a direção de Roman Polanski.

Nova produção

Em 2011 uma nova produção do espetáculo chegou à Broadway, alcançando um sucesso não menos estrondoso. Logo o espetáculo teve “revivals” em várias partes do mundo, incluindo a atual produção brasileira, protagonizada por Christiane Torloni. Em 2015 e 2016, a montagem fez um enorme sucesso de crítica e público nas temporadas em São Paulo e Rio de Janeiro.

Pelo papel de Callas, Christiane foi indicada a diversos prêmios, entre eles o Prêmio Shell de Melhor Atriz. Venceu o Prêmio Aplauso Brasil, o Prêmio Quem, concedido pela revista “Quem”, e o Prêmio Arte Qualidade Brasil.

Os ingressos para as apresentações de Master Class em Manaus têm preços de inteira de R$ 100 (plateia), R$ 90 (frisas), R$ 80 (1º pavimento) e R$ 60 (2º e 3º pavimentos). Pessoas com deficiência e acompanhante, estudantes, professores, idosos e doadores de sangue pagam meia-entrada. Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Amazonas ou pelo site www.ingressando.com.br (sujeito a taxa de conveniência).

Master Class é uma produção da Maestro Entretenimento, apresentada pelo Ministério da Cultura e Bradesco Seguros, com patrocínio da Vivo.

Ficha técnica

Master Class

Texto de Terrence McNally

Direção cênica de José Possi Neto

Direção musical do Maestro Fábio G. Oliveira

Com Christiane Torloni (Maria Callas), Julianne Daud (Sharon Graham), Paula Capovilla (Sophie De Palma), Fred Silveira (Anthony Candolino), Thiago Rodrigues (Emmanuel Weinstock), Jessé Scarpellini (Ator/Tenor Substituto) e Raquel Paulin (Soprano Substituta)

Cenografia: Renato Theobaldo

Design de luz: Wagner Freire

Design de som: André Luis Omote

Figurinos: Fábio Namatame & Claudeteedeca

Visagismo: Sérgio Gordin

Sobre o portal gastromundo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*