Últimas
Home / Destaques / Amazonas recebe certificado de reconhecimento do Ministério do Turismo

Amazonas recebe certificado de reconhecimento do Ministério do Turismo

Manaus aparece na categoria A no Mapa Turístico do Brasil. (Crédito: Divulgação)

O Programa de Regionalização do Turismo, desenvolvido pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), rendeu ao Estado o Certificado de Reconhecimento por parte do Ministério do Turismo, concedido na última terça-feira.

Com isso, o Amazonas passou de 14 para 30 municípios com potencialidades turísticas no novo Mapa Turístico do Brasil. A entrega do certificado ocorreu durante o 28º Encontro Nacional dos Interlocutores, em Vitória, capital do Espírito Santo.

De acordo com o presidente da Amazonastur, Orsine Junior, este certificado vem marcar um novo momento para turismo do Estado, que tem total apoio do novo governo. “Até o ano passado, o Estado tinha 14 municípios turísticos. Agora temos 30. Ou seja, os municípios entenderam a importância de estar no mapa para desenvolver a política do turismo baseado no potencial de cada um”, afirmou.

Orsine Junior ressaltou a importância desses municípios estarem no novo Mapa Turístico do Brasil, pois uma vez inclusos poderão receber aporte financeiro do ministério, seja por meio de emenda parlamentar, contratos de repasses, convênios ou ainda por meio da participação de editais.

De acordo com o novo mapa, oito municípios estão nas categorias A, B e C, que são aqueles que concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais, como Manaus, Parintins e Tefé. Os demais 22 municípios figuram nas categorias D e E, a exemplo das cidades de Barcelos, Atalaia do Norte e Tabatinga.

Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem.

Com informações da Amazonastur

Sobre o portal gastromundo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*